JUROS EXTORSIVOS NO BRASIL: descubra porque você paga juros altos e os chineses não

RUBENS TEIXEIRA e HENRIQUE FORNO*

Na China, que é o maior produtor mundial de alimentos e o maior importador mundial de matéria-prima, um resultado de crescimento do PIB de 6,9% em 2015 foi recebido com grande preocupação. Como consequência, o BC chinês acaba de anunciar o 5º corte consecutivo da taxa de compulsório, levando a exigência de reservas dos maiores bancos chineses para 17%.juros-altos1

Enquanto isso, no Brasil, o último movimento visto no compulsório sobre recursos à vista foi uma elevação para 45%, ocorrida em junho de 2014. Essa taxa é a responsável direta pelo altíssimo spread bancário que caracteriza nosso mercado bancário e que faz com que sejamos obrigados a pagar mais de 350% ao ano na linha de crédito de qualquer cartão.

Esta explicação já havíamos dado no livro “Desatando o nó do crescimento econômico”, publicado há cerca de 2 anos. Esta obra foi entregue gratuitamente às maiores autoridades da área econômica do Brasil, contendo esta e várias outras sugestões que poderiam ter evitado que nosso país chegasse ao estágio que hoje se encontra.

Está previsto para abril próximo o lançamento do nosso livro DESATANDO O NÓ DOimage BRASIL: propostas para destravar a economia e travar a corrupção”.

Esperamos apresentar ao povo brasileiro propostas que sejam alternativas para mudar a história do nosso país.

*Rubens Teixeira e Henrique Forno são doutores em economia (UFF e FGV)  e engenheiros de fortificação e construção (IME).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *